BOVESPA-Índice engata terceira semana seguida de alta

BOVESPA-Índice engata terceira semana seguida de alta

Reuters  | 17.07.2020 21:48

BOVESPA-Índice engata terceira semana seguida de alta

(Atualiza com cotações de fechamento, acrescenta ações da Eletrobras)

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO, 17 Jul (Reuters) - O Ibovespa renovou nesta semana máximas desde março, flertando com os 103 mil pontos, com sinais promissores sobre vacina contra o Covid-19 trazendo ânimo aos investidores em meio ao aumento de novos casos de coronavírus nos Estados Unidos.

A bolsa paulista seguiu beneficiada pelo ambiente de taxa Selic extremamente baixa no país, que tem motivado a migração de recursos em investimentos de renda fixa e poupança para ações. E que pode aumentar.

Estrategistas do Itaú BBA citaram em relatório nesta semana que veem os fundos de pensão no país aumentando a exposição a ativos mais arriscados em busca de retornos mais elevados para cumprirem suas metas atuariais. rolaram para 2021 preço-alvo do Ibovespa a 118 mil pontos, um acréscimo de cerca de 15% em relação ao patamar atual, citando além do efeito juros e de migração de recursos, cenário de revisão positiva nas expectativas de lucros de alguns setores com peso relevante no índice.

Pesquisa do Bank of America (NYSE:BAC) com gestores na América Latina, por sua vez, mostrou sentimento mais positivo sobre o Ibovespa, com quase metade vendo o índice acima de 110 mil pontos no final de 2020. A outra metade vê entre 95 mil e 110 mil pontos.

Follow-ons nos últimos dias referendaram a percepção de apetite por ações. Lojas Americanas LAME4.SA LAME3.SA , por exemplo, levantou 7,87 bilhões de reais, sendo precificada quase sem desconto em relação ao preço de tela. próxima semana, começa a temporada de resultados no Brasil, com WEG WEGE3.SA abrindo a agenda do Ibovespa no dia 22. Os números devem mostrar o reflexo nas companhias do período mais agudo da crise desencadeada pelo coronavírus.

Embora ainda distante dos quase 120 mil pontos que alcançou no final de janeiro, o Ibovespa já acumula valorização de quase 67% desde as mínimas do ano registradas em março.

O Ibovespa .BVSP fechou a sexta-feira com elevação de 2,32%, a 102.888,25 pontos, maior patamar de fechamento desde 4 de março. Na máxima do dia, chegou a 103.016,60 pontos.

Na semana, a terceira seguida de alta, registrou ganho de 2,86%, ampliando a alta no mês para 8,2%. No ano, ainda recua 11%. índice Small Caps .SMLL avançou 1,65%, a 2.504,28 pontos, encerrando com elevação de 2,45% na semana e de 11,2% no mês. No ano, ainda contabiliza declínio de 11,85%.

Itaú BBA vê ações de "utilities" como alternativa para fundos de pensão em busca de melhor retorno da d1000 define faixa indicativa entre R$17 e R$20,32 Seguridade retoma discussão e análise para IPO buscará IPO para levantar R$1,5 bi e vender energia limpa, dizem fontes Americanas levanta quase R$7,9 bi em oferta de ações movimenta R$433 mi em oferta de ações precificada a 9,75 reais por papel da You Inc define faixa indicativa entre R$17,50 e R$23,50 da Ambipar dispara em estreia na bolsa paulista anuncia oferta de até 121,5 milhões de ações; deve precificar em 22/07 Dimed anuncia oferta bilionária de ações; espera precificar em 22/07 DO IBOVESPA NO ACUMULADO DO MÊS

- COGNA ON COGN3.SA continua liderando as altas do Ibovespa no mês, com elevação de 41,45%, em meio a expectativas sobre oferta pública inicial (IPO) de ações da sua subsidiária de educação básica Vasta nos Estados Unidos, além de ganhos de eficiência nesse segmento, entre outros fatores. No ano, porém, ainda acumula perda de 18,20%.

- VIA VAREJO ON VVAR3.SA contabilizava elevação de 28,80% até o momento em julho, com melhor desempenho entre as suas pares MAGAZINE LUIZA ON MGLU3.SA e B2W ON BTOW3.SA , dada a exposição ao comércio eletrônico, que tem se benificiado com a medidas de distanciamento social por causa do Covid-19. A companhia também concluiu no começo do mês processo de alongamento de dívidas, tendo ainda em junho levantado 4,455 bilhões de reais em oferta de ações. CVC BRASIL ON CVCB3.SA mantinha-se entre os destaques positivos, com valorização de 27,72% no mês, em meio a novas medidas de reabertura de atividades em regiões no país e no exterior, além do aumento de capital via subscrição privada e avanço no processo de revisão e conciliação dos erros contábeis - a companhia, porém, ainda não divulgou resultado do primeiro trimestre, mas espera publicá-lo no final do mês. ELETROBRAS ON ELET3.SA e ELETROBRAS PNB ELET6.SA disparam nesta sexta-feira em meio a expectativas relacionadas à privatização da estatal, apesar de se tratar de tema de difícil trâmite no Congresso. Após o desempenho desta sexta, elas passaram a acumular ganho de 30,32% e 26,58% em julho.

- IRB BRASIL RE ON IRBR3.SA ainda figurava entre os destaques de baixa em julho, com declínio de 11,46%, dadas as revisões de seus resultados anteriores em razão de fraude contábil. A resseguradora também aprovou mais cedo no mês aumento do capital até 2,3 bilhões de reais para subscrição privada a 6,93 reais por papel, com diluição potencial até 26,4% dos atuais acionistas. DO SMALL CAPS NO ACUMULADO DO MÊS:

- JHSF ON JHSF3.SA era uma das maiores altas, com ganho de 39,44% até o momento no mês. A companhia precificou na última quarta-feira oferta de ações a 9,75 reais por papel, com esforços restritos, movimentando 433,17 milhões de reais. Parte do impulso também vem do anúncio do começo do mês de que assinou memorando de entendimento com o grupo XP para a venda de terreno no interior de São Paulo que será usado para implantação de empreendimento do grupo de assessoria financeira. INTERNATIONAL MEAL COMPANY MEAL3.SA mostrava valorização de 30% em julho, também tendo no pano de fundo oferta pública primária restrita de até 90,45 milhões de ações, que espera precificar na próxima semana. Os recursos da oferta serão usados para reforçar caixa e expandir as marcas Frango Assado, KFC, Pizza Hut no Brasil, além da aquisição de franqueados. ÔMEGA GERAÇÃO OMGE3.SA aparecia entre as maiores quedas no acumulado do mês, com perda de 9,33%. No começo do mês, o Valor Econômico noticiou que a elétrica Eneva ENEV3.SA tem avaliado uma potencial oferta para incorporação ou compra do controle da empresa de energia renovável, que tem parques eólicos e pequenas hidrelétricas. A operação, no entanto, seria alvo de conversas preliminares e é vista como um plano B. o comportamento dos principais índices setoriais na B3 no mês:

- Índice financeiro .IFNC : +9,87%

- Índice de consumo .ICON : +7,32%

- Índice de Energia Elétrica .IEE : +5,99%

- Índice de materiais básicos .IMAT : +7,12%

- Índice do setor industrial .INDX : +6,10%

- Índice imobiliário .IMOB : +12,73%

- Índice de utilidade pública .UTIL : +7,31% (Edição Alberto Alerigi Jr.)

Relacionadas

Últimos comentários

Adicione um comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Polski Português (Brasil) Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
A guardar as alterações

+

Descarregue a Aplicação Investing.com

Obtenha acesso gratuito a cotações e gráficos em tempo real, bem como a alertas sobre ações, índices, moedas, commodities e obrigações. Obtenha acesso gratuito às melhores análises técnicas e previsões.

Investing.com é melhor na Aplicação!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência mais fluida disponíveis apenas na Aplicação.

';