BOVESPA-Índice ensaia melhora, mas exterior ainda frágil atenua alta

BOVESPA-Índice ensaia melhora, mas exterior ainda frágil atenua alta

Reuters  | 22.09.2020 15:24

BOVESPA-Índice ensaia melhora, mas exterior ainda frágil atenua alta

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO, 22 Set (Reuters) - O Ibovespa ensaiava melhora nesta terça-feira, favorecido pela estabilização dos mercados no exterior, onde a pauta destaca fala do chair do Federal Reserve no Congresso norte-americano, enquanto a ata do Copom também ocupava as atenções na cena brasileira.

Às 11:09, o Ibovespa .BVSP subia 0,08 %, a 97.068,72 pontos. Na máxima até o momento, chegou a 97.684,16 pontos. A tentativa recuperação vem após o Ibovespa fechar na véspera na mínima desde julho. volume financeiro do pregão somava 4,5 bilhões de reais.

De acordo com o estrategista Dan Kawa, da TAG Investimentos, depois de uma noite de bastante volatilidade, os ativos de risco estão abrindo a manhã em tom um pouco menos negativo, mas ainda com claros sinais de fragilidade.

"No Brasil, seguimos a mercê da situação global, com as nossas peculiaridades apenas deteriorando mais o nosso cenário. O ambiente, por ora, é de incerteza e poucos (ou nenhum) avanços na importante agenda de reformas para o país", destacou.

No cenário externo, Wall Street abriu em alta apoiada na recuperação de ações de tecnologia, embora incertezas associadas a novos estímulos fiscais continuem pesando nos negócios. O S&P 500 .SPX avançava 0,26%.

Ainda nos Estados Unidos, Jerome Powell fará a primeira de três aparições no Capitólio esta semana para falar sobre as medidas de emergência que o Fed adotou para conter o impacto à economia da pandemia de coronavírus. Assembleia-Geral das Nações Unidas, o presidente dos EUA, Donald Trump, segundo trecho do discurso, dirá que a ONU "precisa responsabilizar a China por suas ações" relacionadas à pandemia do coronavírus. o presidente Jair Bolsonaro teve discurso virtual na assembleia nesta terça-feira. agenda brasileira, o Banco Central indicou na ata do Copom que as condições para sua sinalização de que a taxa Selic não deve subir seguem de pé e reforçou considerar adequado manter a chamada prescrição futura como instrumento de política monetária adicional. meio a receios no mercado com a cena fiscal local, o secretário do Tesouro, Bruno Funchal, afirmou à Reuters que o país não conta com espaço para errar na gestão das contas públicas no pós-pandemia, ressaltando que a elevação recente dos prêmios de risco na curva de juros é um alerta nesse sentido. CSN ON CSNA3.SA avançava 3,08%, encontrando suporte na trégua no exterior para recuperar as perdas na véspera, quando o mau humor nos mercados globais minguou a avaliação positiva do anúncio sobre IPO de sua unidade de mineração. No setor de mineração e siderurgia do Ibovespa, porém, VALE ON VALE3.SA cedia 0,45%, pesando no Ibovespa, enquanto GERDAU PN GGBR4.SA caía 0,15% e USIMINAS PNA USIM5.SA recuava 0,83%.

- PETROBRAS PN PETR4.SA e PETROBRAS ON PETR3.SA subiam 0,72% e 0,52%, respectivamente, ajudadas pela alta dos preços do petróleo. Além disso, presidente do STF, Luiz Fux, decidiu retirar de análise em julgamento virtual um caso sobre a possibilidade de privatização de refinarias pela Petrobras. Na véspera, a companhia também disse que promoverá uma nova rodada de ofertas vinculantes por sua refinaria no Paraná, que recebeu duas propostas com valores próximos.

- ITAÚ UNIBANCO PN ITUB4.SA valorizava-se 1%, com ações de bancos do Ibovespa como um todo no azul, respondendo por relevante suporte para o índice. BRADESCO PN BBDC4.SA avançava 0,96%, enquanto BANCO DO BRASIL ON BBAS3.SA subia 1,33%, BTG PACTUAL UNIT BPAC11.SA ganhava 1,82% e SANTANDER BRASIL UNIT SANB11.SA avançava 1,25%.

- CIELO ON CIEL3.SA mostrava acréscimo de 1,45%, também em destaque na ponta positiva, recuperando-se de perdas relevantes na véspera. No segmento, STONECO STNE.O e PAGSEGURO PAGS.N , negociadas em Nova York, tinham alta de 1,67% e variação positiva de 0,59%, respectivamente.

- B2W ON BTOW3.SA perdia 3,9%, em sessão mais fraca para ações de varejistas, com MAGAZINE LUIZA ON MGLU3.SA recuando 0,82% e VIA VAREJO ON VVAR3.SA caía 0,11%.

- SUZANO ON SUZB3.SA tinha queda de 2,08%, tendo de pano de fundo expectativa para a oferta das ações da fabricante de papel e celulose em poder da BNDESPar, que deve ser precificada em 1 de outubro. No setor, KLABIN UNIT KLBN11.SA recuava 0,89%.

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em .PG.BVSP

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em .PL.BVSP

(Edição de Roberto Samora)

Relacionadas

Últimos comentários

Adicione um comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

A realização de transações com instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve altos riscos, incluindo o risco de perda de uma parte ou da totalidade do valor do investimento, e pode não ser adequada para todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos tais como eventos financeiros, regulamentares ou políticos. A realização de transações com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir realizar transações com instrumentos financeiros ou criptomoedas, deve informar-se sobre os riscos e custos associados à realização de transações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente os seus objetivos de investimento, nível de experiência e nível de risco aceitável, e procurar aconselhamento profissional quando este é necessário.
A Fusion Media gostaria de recordar os seus utilizadores de que os dados contidos neste website não são necessariamente fornecidos em tempo real ou exatos. Os dados e preços apresentados neste website não são necessariamente fornecidos por quaisquer mercados ou bolsas de valores, mas podem ser fornecidos por formadores de mercados. Como tal, os preços podem não ser exatos e podem ser diferentes dos preços efetivos em determinados mercados, o que significa que os preços são indicativos e inapropriados para a realização de transações nos mercados. A Fusion Media e qualquer fornecedor dos dados contidos neste website não aceitam a imputação de responsabilidade por quaisquer perdas ou danos resultantes das transações realizadas pelos seus utilizadores, ou pela confiança que os seus utilizadores depositam nas informações contidas neste website.
É proibido usar, armazenar, reproduzir, mostrar, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste website sem a autorização prévia e explicitamente concedida por escrito pela Fusion Media e/ou pelo fornecedor de dados. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados pelos fornecedores e/ou pela bolsa de valores responsável pelo fornecimento dos dados contidos neste website.
A Fusion Media pode ser indemnizada pelos anunciantes publicitários apresentados neste website, com base na interação dos seus utilizadores com os anúncios publicitários ou com os anunciantes publicitários.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Polski Português (Brasil) Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
A guardar as alterações

+

Descarregue a Aplicação Investing.com

Obtenha acesso gratuito a cotações e gráficos em tempo real, bem como a alertas sobre ações, índices, moedas, commodities e obrigações. Obtenha acesso gratuito às melhores análises técnicas e previsões.

Investing.com é melhor na Aplicação!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência mais fluida disponíveis apenas na Aplicação.

';